23 de set de 2010

Homenagem aos meus amigos do Direito

Em homenagem a Lázaro, Dinno Iwata, Mozat Neto, Mário Trajano, Silvio Câmara, Gondim, Marquinhos Holanda, Adele Estrela, Pablo, e tant@s que não estou lembrando de cor.



Desde que o mundo é mundo, nós do teatro para sermos aceitos em sociedade tínhamos carteira de puta, mas segue uma tese que vida de puta mesmo, são a dos advogados:


O QUE É SER ADVOGADO:
1- Você trabalha em horários estranhos. (como as putas!)
2- Te pagam pra fazer o cliente feliz . (como as putas!)
3- O cliente, às vezes paga muito, mas teu empregador fica com quase tudo. (como as putas!)
4- Seu trabalho sempre vai além do expediente. (como as putas!)
5- Você é recompensado, por satisfazer as fantasias do cliente. (como as putas!)
6- Seus amigos se distanciam de você, e você só anda com outros, iguais a você. (como as putas!)
7- Seu chefe tem um lindo carro. (como as putas!)
8- Quando vai ao encontro do cliente, você tem de estar sempre apresentável. (como as putas!)
9- Mas quando você volta, parece saído do inferno. (como as putas!)
10- O cliente, quer sempre pagar menos e que você faça maravilhas. (como a s putas!)
11- Todo dia, ao acordar, você diz:"NÃO VOU PASSAR O RESTO DA VIDA FAZENDO ISSO" (como as putas!)
12- Se as coisas dão errado, é sempre culpa sua. (como as putas!)
13- Apesar de tudo isso, você trabalha com prazer. (como as putas!)
14- Às vezes, você tem diminuir o valor dos honorários, para conseguir um novo cliente. (como as putas!)
15- Dependendo do caso, você trabalha, para receber depois, põe na minha conta. (como as putas!)
16- Você deseja montar o escritório, em lugar muito movimentado. (como as putas!)
17- Você não quer que seus filhos sigam a mesma profissão. (como as putas!)
18- 60% do trabalho, depende da boca. (como as putas!)
19- Em 80% das audiências, tem que agradar os juízes, com aquele sorrizinho, sem graça. (como as putas!)
20- Os advogados passam horas nas varas esperando processos. (como as putas!)
21- Os clientes só nos "fodem". (como as putas!)
22- E ao final, todos dependem, e muito, de qualquer VARA. (como as putas!)