7 de ago de 2011

Aí a briga começou


Minha esposa sentou-se no sofá junto a mim, enquanto eu passava pelos canais.
Ela perguntou: - O que tem na TV?
Eu disse: - Poeira. Aí a briga começou...



Quando cheguei em casa ontem à noite, minha esposa exigiu que a levasse a algum lugar caro.

Então eu a levei ao posto de gasolina.
Aí a briga começou...


Depois de aposentar-me, fui até o INSS para poder receber meu benefício. A mulher que me atendeu solicitou minha identidade para verificar minha idade. Chequei meus bolsos e percebi que a tinha deixado em casa. Disse à mulher que lamentava, mas teria que ir até minha casa e voltar depois. A mulher disse: - Desabotoe sua camisa.

Então, desabotoei minha camisa deixando exposto meus cabelos crespos prateados. Ela disse: - Este cabelo prateado no seu peito é prova suficiente para mim. E processou meu benefício.
Quando cheguei em casa, contei entusiasmado o que ocorrera para minha esposa.
Ela disse: - Por que você não abaixou as calças? Você poderia ter conseguido auxílio-invalidez também...
Aí a briga começou...


Minha mulher estava nua, se olhando no espelho do quarto de dormir. Ela não está feliz com o que vê e diz: - Sinto-me horrível, pareço velha, gorda e feia. Eu realmente preciso de um elogio seu.

Eu disse: Sua visão está ótima!
Aí a briga começou...


Voltei do médico após uma consulta e minha esposa toda preocupada, pergunta-me:

- E então, o que o médico lhe disse?
De pronto, eu respondi:
- A partir de hoje, não faremos mais amor, estou proibido de comer qualquer coisa gorda.
Aí a briga começou...