11 de out de 2011

Notícias Para os Irmãos


Eram dois irmãos gêmeos, e também pescadores. Um, casado e o outro, solteiro.
Um dia, a mulher do primeiro morreu e, como desgraça nunca vem sozinha, a velha canoa do irmão solteiro afundou no mesmo dia.
Uma senhora, sabendo do ocorrido com o jovem viúvo, resolveu dar os pêsames. Sem saber que os irmãos eram gêmeos idênticos, ela se aproximou do solteiro, que havia perdido o barco, e disse:
— Soube agora pouco! Que perda! Deve estar sendo terrível para você.
E o pescador respondeu:
— Pois é! Estou arrasado. Mas é preciso enfrentar esse momento difícil... Sabe: ela já estava mais pra lá do que pra cá, seu traseiro estava todo arrebentado, fedia muito... Aquele cheirão de peixe podre... Além do mais, ela andava juntando água por causa de uma fenda enorme que tinha na frente, além do buracão atrás... Toda vez que eu a usava, o buraco ficava maior... Acho que foi por isso que, quando a aluguei para quatro rapazes se divertirem, ela não agüentou!