22 de out de 2010

Show Eu Ví ELIS Sorrindo de Elohim Seabra no TCP

Dia 17 de Novembro no teatro de Cultura Popular da FJA em Natal ás 20 Horas. Show de encerramento em Natal da Temporada que completa esse Mês 5 anos de Sucesso no Rio de Janeiro, No Show além de Canções da Elis Regina  terá uma Homenagem ao poeta Cazuza e mais canções inéditas  do novo CD que será lançado em breve.Ingressos antecipado ao preço de 30 ,00 e meia 15 ,00 no Teatro  TCP da Fundação José Augusto
                                           Breve  Release  de    Elohim Seabra
Em 2001 recém chegado da sua Cidade Natal RN participou do Festival Donos da Noite promovido pela Mutante Net Club Copacabana, defendendo a música “Todo o Sentimento”, quando ficou entre os finalistas, o que lhe rendeu o reconhecimento do público e da crítica especializada. Em 2003 Elohim decidiu enfrentar o desafio de apostar no seu trabalho de compositor. Gravou e produziu o CD independente Voz de Um Anjo, com a participação da cantora Adriana.
Em setembro de 2007 o show “Eu Vi Elis Sorrindo” de Elohim Seabra fez parte das comemorações dos quarenta anos do Canecão no Rio de Janeiro. Esse belíssimo show contou com o apoio de Miéle e roteiro da atriz e cantora Lucinha Lins e foi autorizado pela produtora Marilene Gondin, representante legal dos herdeiros da cantora Elis Regina que lhe rendeu meia página  no segundo caderno do Jornal “O Globo”.
Em Maio de 2008 participou e ganhou o primeiro prêmio no Festival de Serestas em Homenagem ao Centenário de Silvio Caldas, na cidade de Conservatória, RJ, cantando a belíssima composição de Catulo da Paixão Cearense e Pedro Alcântara “Ontem ao Luar”. Em 2009 Elohim é convidado pela produção do Teatro Rival para apresentar um novo Show, uma Homenagem aos Oitenta Anos do compositor e amigo  Evaldo Gouveia da dupla romântica Evaldo e Jair Amorim, Show intitulado Sentimental Demais,
Atualmente em nova fase de sua carreira Elohim Seabra está iniciando a gravação do CD Se tem que acontecer, acontecerá,  com canções inéditas  de compositores do Rio de Janeiro e Rio Grande do Norte e  uma  composição autoral.
Em setembro de 2010 estréia o show O Tempo não pára, 20 anos de saudade de Cazuza, com canções que marcaram uma época  inesquecível do Rock Pop Brasileiro com um poeta que sobrevive a todas as tendências musicais, divide com a  cantora Mônica Jucä cantora Carioca que vem despontando no cenário da música POP  de Natal e da Banda Grafith que completa 22 anos de sucesso.
Serviço:
Quando? Dia 17 /11(Quarta-Feira)
 Onde? Teatro de Cultura Popular
Que Horas? 20 Horas