18 de nov de 2009

Auto do Natal segundo rege Madame Buterfy

Sei não. Ando perguntando pros meus santos de devoção para que eles me dêem uma luz ao que se passa na cabeça oca da nossa querida prefeita. Não se ela tem conhecimento, mas os artistas de teatro de Natal já conquistaram com muita luta para que o Auto do natal fosse construído somente com artistas locais. Este ano depois de termos vencido (devido às circunstâncias) a não vinda do Moacir de Goes; Depois dessa vitória, Madame Butterfly me disse que ficou sabendo que Bruno Gagliasso, Matheus Nasthergale e mais outro do top deles estão vindo para compor o elenco do Auto. Isto é uma prova de que a nossa linda prefeita não respeita a nossa luta. Que temos capacidade de apresentar este espetáculo com a nossa identidade, de que somos atrativo direto. E mais: ninguém daqui terá um cachê comparativo ao desses grandes artistas. Nem tão pouco isto causará qualquer intercambio. Já que eles não se misturarão com a “ralé” local.


Depois de equívocos cometidos com o meu amigo Lázaro Ramos e Flávia Alessandra em 2003 e 2004 respectivamente, esses globais (independentemente do que eles costumam fazer) não engrandeceram em nada o evento. A festa do Menino Deus e Um Presente de Natal provam a força que esta resistência tem. O quanto estes espetáculos de fim de ano realmente emocionam o povo da nossa cidade sem que seja necessária a presença de celebridades globais

E para envenenar: Nossa Prefeitinha linda deveria ser pelo menos fiel a casa dela, já que é pra contratar famosos, que fosse ao menos do SBT, emissora da qual ela é representante aqui no Estado. Adoraria ver a Hebe no papel de Santana, Silvio Santos no Papel de José e a menina prodígio Maysa como o menino Jesus. Seria um tanto quanto ousada, divertida, curiosa e fiel a casa (cara) dela. E se a idéia for realmente fazer o pão que o diabo amassou e o circo dos horrores, está aí uma ótima e rica sugestão!