13 de abr de 2010

Quero Beijar Muiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiito

Quem nunca sentiu um aperto de saudade da pessoa amada - ou até mesmo suspirou sozinho(a) por não ter em quem pensar – ao ver uma romântica cena de beijo, seja na televisão, no cinema ou na vida real? Pois bem, nesta terça-feira, dia 13 de abril, comemora-se o Dia Internacional do Beijo. Para os apaixonados de plantão, ou apenas beijoqueiros mesmo, o CANINGA selecionou algumas das melhores bitocas de todos os tempos.

Mais recentemente quem prendeu a atenção do público ao protagonizar uma delicada declaração de amor em horário nobre foi o casal Luciana e Miguel, da novela global “Viver a Vida”, vividos por Alinne Moraes e Mateus Solano. Depois de nutrirem uma intensa amizade durante anos, passando pela relação de médico/paciente a confidentes, os dois se entregaram à paixão em uma cena de mais de 5 minutos.

Ainda no embalo do puro romantismo, não se pode esquecer da inocência de Thomas e Vada, personagens de Macaulay Culkin e Anna Chlumsky, no filme “Meu Primeiro Amor”, quando aos 11 anos, se descobrem apaixonados. O beijo, neste caso, foi quase tão inofensivo quanto no clássico “E o Vento Levou...”, de 1939, quando Vivien Leigh quase escandaliza o cinema ainda em preto e branco, se atira nos braços de Clark Gable.

Desprovidos de preconceito, o beijo não vê idade, cor ou sexo. As cenas em que os caubóis vividos por Heath Ledger e Jake Gyllenhaal deixam de lado os tabus e - muy machos – assumem a paixão, em “O Segredo de Brokeback Mountain”, ou mesmo a da melada troca de experiências entre Selma Blair e Sarah Michelle Gellar, em “Segundas Intenções”, ficarão para sempre na lembrança dos espectadores.

No quesito ousadia, ficaria difícil bater a provocação explícita de Madonna e Britney Spears ao se beijarem durante 2003 MTV Video Music Awards. Pelo visto, a Diva Pop gostou tanto da proeza que repetiu o feito – desta vez, com uma de suas bailarinas – em quase todos os shows da turnê Sticky & Sweet, entre 2008 e 2009.

Para os aventureiros, é quase impossível não relembrar a cena em que o alterego de Peter Parker, o herói Homem-Aranha, beija a mocinha da trama, Mary Jane, de cabeça para baixo. De tirar o fôlego também é o momento em que, do alto da proa do maior navio já construído, Rose e Jack – vividos por Kate Winslet e Leonardo DiCaprio – confidenciam seus sentimentos, em “Titanic”.

E, para fechar com chave-de-ouro a construção do ideal do beijo perfeito nascido ainda na infância, entram os infantis “A Dama e o Vagabundo”. Na cena, a burguesinha e o malandro são levados a um romântico jantar em um restaurante italiano e, ao som de violinos, dividem o mesmo prato de espaguete, que os leva a um selinho “quase sem querer”.

Outros Beijos Marcantes


Beijos Meus

 

É. o Negócio é beijar na boca e ser feliz!!!
Feliz dia do Beijo!!!